Ser exemplo

 

Se há uma palavra que me faz tremer é a palavra exemplo. Minha velha natureza já "cutucou" minha mente diversas vezes na tentativa de criar estratégias para fugir dessa tarefa. Dentre as razões para isso estão:

  • A preguiça de prestar tanta atenção na vida para ser exemplo.

  • Os defeitos e maus hábitos que luto para vencer.

  • A constante pressão entre fazer e ser.

Realmente não é fácil, mas é necessário.

Spring e Tripp no livro Dica para os pais dizem o seguinte:

"As regras constrangem; o exemplo é encantador.

As regras compelem; o exemplo convence.

As regras são uma leia morta; o exemplo é uma lei viva."

 

Com isso não estão dizendo que regra é ruim, mas chamando atenção que regras sem exemplo, não são eficazes.

 

Confesso que ao ler cada palavra sobre o assunto aumentei ainda mais meu temor e senso de responsabilidade como pai. Parei, orei, clamei por graça do Senhor e fui consolado pelo parágrafo final do trecho:

"Com certeza, todos nós sentimos nossa fraqueza e incapacidade. Se olharmos para o nosso íntimo em busca de sermos um exemplo bom e consistente, concluiremos que somos vazios. Louve a Deus por que podemos ser fortalecidos na graça que está em Cristo Jesus (2Tm 2.1).

 

Lembre-se disso: SEJA EXEMPLO, com base na graça de Deus. Não se esqueça de que ser exemplo não é ser perfeito, mas é tomar o caminho certo quando errar: o caminho da confissão e do perdão.

Please reload

ICEB - Editora Cristã Evangélica | 00.486.811/0003-06

© 2020 Todos os direitos reservados