Tempo de orar pelas famílias


Conhecido pelo dia das mães e por ser o mês das noivas, maio chegou com o convite para dedicarmos tempo a oração pelos lares. Nesta época, muitas igrejas preparam reflexões e estudos sobre o papel da família a luz da Palavra de Deus.

Deus é um Pai geracional. A família é um projeto que nasceu no coração Dele, sendo assim é um tema bastante presente nos ensinos de Jesus. Certa vez, Ele trouxe uma preciosa lição sobre o assunto: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; Mateus: 7:24.

Com o intuito de edificar e auxiliar na construção destas novas casas, a Editora Cristã Evangélica apresenta a revista “Você aceita...”. O título é sugestivo e uma das frases mais proferidas em cerimônias de casamento. O material poderá ser usado como guia de estudo para noivos que estão no processo de preparação para o matrimônio bem como por grupos de casais recém-casados. Em situações de aconselhamento, o líder poderá usar as lições a fim de ajudar os recém-casados ou casais experientes, mas com problemas em aspectos básicos de relacionamento.


Uma nova estação

O mês de maio passou a ser o queridinho dos noivos. A tradição surgiu no Hemisfério Norte. Os países passam longos períodos sem a luz do sol e com temperaturas muito baixas, por esse motivo a chegada de maio é celebrada porque marca o início de uma nova estação: a primavera. O desabrochar das flores é um presente de Deus e elas podem ser usadas tanto para decoração quanto para o uso pessoal como os buquês ou perfumar ambientes. O Brasil aderiu e as cerimônias ganham espaço nesta época e a procura por viagens para lua de mel são significativas.


Santidade - Rainha Victória e o vestido branco

Aos 18 anos, Alexandrina Victória iniciava a Era Victoriana, na Inglaterra em 1837. A rainha Victória, tataravó da rainha Elizabeth II, casava-se e revolucionava a indústria do casamento para sempre. O vestido de noiva branco e a troca de alianças foram as grandes novidades na cerimônia de Victória e Albert, que aliás casaram-se por amor, em uma época em que os enlaces aconteciam por motivos econômicos e políticos. O vestido branco, o véu e a grinalda passaram a ser utilizados em todo o mundo até os dias atuais. O branco nos remete a referência de Efésios 5, uma das passagens que apontam para a bodas do cordeiro, quando o noivo Jesus voltará para buscar a sua noiva, a sua igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável.


Jesus e a Noiva

“Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos. Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a Si mesmo para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e apresenta-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Efésios 5: 22-27


Dia das mães

“Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento da tua mãe”. Provérbios 1.8

No segundo domingo do mês de maio é celebrado o Dia das Mães. A data foi oficializada no Brasil, em 1932. A valorização da maternidade está presente no calendário de diversos países, incluindo os Estados Unidos que também comemora no segundo domingo de maio.

Em uma época em que o mundo relativiza a importância do pai e da mãe na família é importante voltar os olhos para Palavra de Deus diariamente e meditar nos princípios bíblicos inegociáveis sobre a família que Cristo deixou para a sua noiva.

Para aprofundar estes estudos, a Editora Cristã Evangélica apresenta a “Revista Mulheres da Bíblia” com temas especialmente voltados para o público feminino como, maternidade, criação de filhos, vida conjugal e uma série com mulheres da bíblia que inspiram com seus exemplos de busca por santidade e intimidade com Deus.


Família, Igreja e escola como ambiente de proteção à criança.

O Dia 18 de maio é marcado pela campanha de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Mas, não podemos falar em criança segura sem fazer menção a um lar seguro. O ambiente em que a criança nasce e cresce está diretamente relacionado ao que ela será exposta.

Na Editora Cristã Evangélica, você encontra o material “Deus me criou – vou proteger meu corpo” que poderá ser utilizado na igreja, em um projeto social, com pequenos grupos ou pela família. Os líderes poderão ensinar e reforçar que Deus fez todas as coisas, a vida e o corpo. Compreender que os toques bons são aqueles que a criança quer receber e jamais serão secretos. Além disso, é um guia de ensino para os pais usarem com os filhos e ensiná-los que eles devem dizer “não” se não quiserem ser tocados em qualquer parte do corpo.


Confira os demais temas, tais quais: Papo Família, Fundamentos Bíblico da Família, Quando as Famílias aparecem, Meu Filho - Meu Discípulo, em nosso site: loja.editoracristaevangelica.com.br/tags/familia


Por Ivy Corazza